Como foi a 14º edição da Emporium Handmade, a feirinha mais charmosinha de Curitiba!

by - julho 10, 2018

Oi gentes! 

Nesse final de semana (07 e 08 de julho) aconteceu a "Feira mais charmosinha de Curitiba", como diz a descrição do evento no instagram. É uma feirinha que reúne moda, arte, gastronomia e música num só final de semana. Foi a primeira vez que tive contato com a iniciativa e estou completamente apaixonada. 
Como no domingo eu iria expor meu trabalho em outro evento com foco no empreendedorismo feminino, o Bazar das Manas, eu passei rapidinho no sábado no Emporium Handmade só pra prestigiar os artistas e conhecer o espaço. Vou contar pra vocês o pouquinho que eu consegui absorver desse evento tão sensacional. As fotos que vou postar são as que compartilhei nos stories do instagram, perdoem a qualidade questionável. Tava tão cheio quando eu estava lá que nem consegui tirar fotos com a câmera mesmo.

Chegando no local, o primeiro estande que chamou minha atenção foi o da Yumi.yume. Como vocês podem ver, são vasinhos com suculentas! Um mais lindo que o outro, amei demais esses mini Groots. Não consegui conversar com a idealizadora da marca nos poucos minutos em que fiquei lá admirando. 



Logo depois já vem o estande maravilhoso da Sutillezas. É um trabalho autoral tão delicado e incrível que dá pra sentir o amor, sabe? Tem vários produtos feitos com cimento! Eu morri de amores pelas mini suculentas como ímãs de geladeira, mas tudo é lindo demais. Devo frisar que o atendimento também foi excelente, mesmo que eu só tivesse vendo rapidinho (tem muita gente que não trata tão bem o possível cliente quando ele não faz uma compra, então acho justo deixar claro que fui muito bem atendida). Infelizmente não tirei fotos porque tava ocupada demais babando nos produtos. Mas no instagram da marca dá pra ver as lindezas! 

Continuei passeando e me deparo com o trabalho maravilhoso da Lorena Giostri, a Papelhama! Eu não conhecia a lojinha, mas acompanho o trabalho da artista há alguns anos e fiquei super feliz de ver ela expondo lá, fiquei toda boba, tipo fã que encontra ídolo, sabe? Nem consegui tirar foto no estande, mas no instagram dá pra ver que é um produto mais lindo que o outro!

Logo em seguida parei no estande da marca Cubo, que me chamou muita atenção com a proposta de marcenaria criativa. Os móveis são incríveis, daquele jeitinho minimalista que a gente ama e com um preço super justo! Conversei um pouquinho com a moça que estava atendendo, não cheguei a perguntar se ela era a responsável, mas imagino que sim. Já to acompanhando o instagram e só planejando qual será a minha primeira aquisição da loja hahahahah



Fui também no estande da La Felina só pra passar vontade, já seguia no instagram e sabia o nível das belezinhas que estavam expostas. Um produto mais lindo que o outro, fiquei com vontade de colocar garrafas personalizadas na casa inteira. É sensacional o que as pessoas conseguem transformar em arte, né? 


Depois tive que parar no estande da Cori's paper pra elogiar o trabalho dela, porque estava incrível demais. E fui tão bem recebida que queria ficar lá trocando figurinha a manhã inteira! A Cori é tão amorzinho, me senti acolhida como se fôssemos amigas! E o trabalho dela é maravilhoso, com caderninhos artesanais, cartões motivacionais, prints incríveis e outras peças que você pode conferir no site da marca. Mas já adianto que dá pra sentir o amor em cada produto.


Também fiquei fascinada pelo trabalho incrível da Araruta! A composição da mesa estava tão linda que não resisti e fiquei toda boba elogiando e tirando foto. Conversei um pouquinho com a Carol, que faz os bordados e ela foi muito querida, agora to seguindo o instagram e sofrendo porque não posso comprar todos os produtos! Difícil demais isso.



Também parei pra conversar com a Cássia da Chá contigo, que me explicou sobre a marca e apresentou uma coleção. As meninas fazem blends de chá, minha gente! Eu fiquei 100% apaixonada com a proposta. A Coleção Mulheres é inspirada em algumas mulheres conhecidas e maravilhosas e vale muito a pena conferir. Eu queria ter elogiado mais no momento, mas tava meio louca com a quantidade de gente em volta de mim. 


Em seguida parei pra ver as jóias da Steli Fries. Nem consegui reagir muito de tanto que fiquei apaixonada, só peguei o cartão pra poder conferir o trabalho de pertinho depois. Mas fui super bem atendida e foi ótimo saber que todas as peças podem ser encomendadas em outros tamanhos, não estavam limitadas aos tamanhos apresentados lá. Sei que só quero anéis de lá a partir de hoje, tá decidido! 

Também tive que parar no estande da Arte ao Vento e passar vontade com cada um dos acessórios. A Mirian é um amor e extremamente simpática, adorei conversar com ela e ouvir um pouquinho sobre a marca. Já to acompanhando o trabalho dela no instagram e acho que você deveria seguir também.


Passei no estande da Geek Mob já sabendo que ia sofrer querendo todos os produtos, porque sigo no instagram há um tempo. A Ellen, designer que faz os produtos estava lá e foi super solícita e querida! As peças comercializadas são chamadas de hama beads. São pixels, gente! Pixels! Não tem como não se apaixonar. Eu PRECISO um Groot. E uma planta do Mário. E uns ímãs de geladeira. E... ahh! Queria ter conversado mais, mas como ainda precisava ver metade da feira, só tirei uma fotinho e continuei meu caminho porque existe um LIMITE de amor e fofura que um ser humano pode aguentar. O meu já tava quase estourando.

 
Conversei um pouco com a Andressa Meissner também, mas gostei tanto do papo que esqueci de tirar foto.  O trabalho dela é incrivelmente delicado, misturando ilustração digital com aquarela, lettering e muito amor. Segue lá no instagram e me diz se to mentindo? Ela manda bem demais!

Experimentei despretensiosamente um docinho da Panela velha é que faz comida boa e a partir daí decidi que precisava me alimentar. Ô coisa boa. To aqui escrevendo o post e triste porque não trouxe uns pacotinhos pra casa. E o atendimento também foi excelente, assim como todos os outros. Só tinha gente talentosa e simpática expondo nessa feirinha, sério! 


Provei também o pão de mel artesanal da Bee Friends, e nesse momento eu já tava sem conseguir pensar, tava passando por baixo da mesa fazendo HUMMM. To aqui lembrando e não tenho capacidade pra descrever a delícia que é, mas te garanto que vale a pena acompanhar o trabalho deles.

E, por último, fui experimentar um canudo de chocolate da Canudo di Cacau, que eu já tinha visto na divulgação anterior no instagram e tava bichenta. É tipo bombom caseiro, mas na casquinha de sorvete! O atendimento foi ótimo e eles falaram que entregam até naqueles domingos preguiçosos que a gente só quer um docinho pra alegrar a alma. To seguindo no instagram, mas confesso que cada foto dói um pouquinho em mim, porque é bom demais. 



Dessa vez não consegui participar do evento expondo meu trabalho, mas na próxima edição espero estar lá também ao lado de toda essa gente linda. Queria ter tido mais tempo pra admirar cada um dos expositores, queria ter ido nos dois dias, queria muita coisa. Mas só de ficar uma horinha ali, já saí com o coração quentinho.

Ah, além dos expositores, também tinha muito artista FODA ministrando oficinas e apresentações durante todo o final de semana. A proposta da feirinha é sensacional.
Mal posso esperar pela próxima edição, que deve acontecer no final do ano. 

E você, já foi em alguma das edições? Tem algo a acrescentar ou quer corrigir alguma informação que dei errado? Conversa comigo aqui ou lá no instagram, vou adorar trocar figurinha. É o que eu mais gosto nessa vida. 

Beijo. E lembrem-se: sejam sempre gentis.

You May Also Like

0 comentários